Pular
Pesquisar no site

27/06/2019 às 10:08

Audiência Pública busca melhoria para a segurança

Comunidade e forças de segurança debateram o tema na quarta-feira

Comunidade se fez presente mostrando preocupação com o tema
Comunidade se fez presente mostrando preocupação com o tema

A Câmara de Vereadores de Feliz realizou na noite da quarta-feira, dia 26 de junho, audiência pública para o debate de medidas para a melhoria da segurança pública do Município. O evento promovido pela Comissão de Constituição, Justiça e Orçamento da Câmara, contou com a presença de vereadores, do prefeito municipal de Feliz, Albano Kunrath, do vice-presidente do CONSEPRO, Everton Kremer, e dos responsáveis pela segurança pública do Município, o subcomandante do 27º BPM, Luis Henrique Susin, o delegado da Polícia Civil, Paulo Gilberto Baladão, e o Comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários de Feliz e da Defesa Civil, Claudinei Sturmer, além da comunidade que se fez presente em bom número.

O prefeito municipal discorreu sobre a necessidade, os trâmites e as dificuldades para a implantação do projeto de videomonitoramento, que há muito tempo é debatido, porém ainda não está em funcionamento na cidade. ‘Estamos trabalhando para que o videomonitoramento seja implantado através de consórcio regional, abrangendo uma área maior, demandando menor numero de pessoas para realizar o trabalho de vigilância’.

No mesmo mote, o comandante Susin explicou que o videomonitoramento não serve apenas para multar o cidadão como muitos levam a entender. Conforme o brigadiano, uma câmera de videomonitoramento substitui aproximadamente seis pessoas, visto que além dos brigadianos que realizam o policiamento ostensivo, há toda uma engrenagem administrativa que deixa de ficar sobrecarregada para o atendimento da população. Susin destacou também as novas tecnologias digitais que podem facilitar a aproximação da comunidade com a Brigada Militar para resolução de eventos. Por fim, solicitou o engajamento da comunidade para a implementação de zoneamento das cidades para que através de aplicativos de celulares, se criem grupos para repasse de informações.

Baladão, delegado da Polícia Civil de Feliz, parabenizou a iniciativa, pois somente com a mão de todos se conseguirá a melhoria da segurança. Explicou que apesar da falta de efetivo a Polícia Civil tem buscado a resolução de praticamente todos os casos, encaminhando a prisão de autores de crimes, contudo, importante se faz a participação da comunidade através de denúncias, sejam elas na própria delegacia ou de maneira anônima.

Representando o CONSEPRO, Everton Kremer, destacou a aquisição da câmera já instalada nas proximidades da Policia Civil, Brigada Militar e Banco Sicredi, através de parceria com o Ministério Público e doações. Expôs que este tipo de ação poderia ter ainda mais exemplos se houvesse um maior engajamento, através de parceira da iniciativa privada com o CONSEPRO, explicando formas de contribuição e como a comunidade e o empresariado pode auxiliar.

Após a apresentação dos responsáveis pela área da segurança, o espaço foi aberto para a comunidade se manifestar, aonde contribuíram a ACISFE, Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Associação dos Moradores do Morro das Batatas e CFC Petry.