Home  /  Notícias  /  ONG Baleia do Bem realiza seu 1º evento

ONG Baleia do Bem realiza seu 1º evento

25/09/2017 às 08:15

Promoção da vida e Prevenção do suicídio foi o tema de duas palestras ocorridas na manhã dessa segunda-feira, dia 25/09/17, no Centro Municipal de Cultura e Eventos, de Bom Princípio/RS. A promoção foi da ONG Baleia do Bem, em parceria com a Secretaria da Saúde e Assistência Social e a Secretaria da Educação, alusiva à Campanha do Mês Amarelo, de Prevenção ao Suicídio.


A movimentação começou ás 8h15, com a fala de boas-vindas do prefeito Fábio Persch, que ressaltou a importância de se tratar sobre esse assunto tão sério. Em seguida, a idealizadora e presidente da Baleia do Bem, Psicóloga Jóice Seidl Dewes, falou sobre a ONG e os objetivos do evento, que teve a primeira etapa voltada para profissionais da Educação, agentes de saúde, conselheiros tutelares e comunidade em geral. Já a segunda parte
teve como público alvo todos os profissionais da saúde do município.


As palestras ficaram a cargo do coordenador do Comitê do Suicídio da Associação de Psiquiatria do Rio Grande do Sul, psiquiatra Rafael Moreno, que falou sobre o suicídio no Brasil e no mundo, comportamento suicida na adolescência e mitos e verdades sobre suicídio. O médico também esclareceu dúvidas sobre como os profissionais devem agir sobre casos de jovens propensos ao suicídio.

 

ORIENTAÇÕES AOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE

Na palestra aos profissionais da saúde, Rafael orientou os profissionais sobre como agir antes, durante e depois do tratamento de pessoas com intenções suicidas. Nesse momento, Rafael apresentou o aplicativo de celular (ADDS - Telessaúde RS) que apresenta perguntas e, conforme a resposta do paciente, já é possível gerar o diagnóstico e fazer o encaminhamento do mesmo.


"Perguntar e falar sobre esse assunto não aumenta o risco de suicídio. O maior problema é deixar de falar e, consequentemente, de procurar ajuda médica", reforçou o psiquiatra. O suicídio é a segunda maior causa de mortes entre jovens de 15 a 29 anos no Estado. A cada 40 segundos, alguém tira a própria vida.

ONG

A presidente da ONG, Psicóloga Jóice conta que a ideia de fundar a ONG Baleia do Bem veio em contraponto ao jogo da baleia azul, que havia ganho manchetes no primeiro semestre na imprensa mundial, como um suposto jogo online que instigava os jovens a cometerem suicídio. "Eu fiquei apavorada", lembrou. "A partir daí começamos a falar com familiares e amigos e nasceu a Baleia do Bem". A entidade bom-principiense pretende atuar em todo o Estado, na promoção da vida e do bem-estar. "Somos formados por voluntários. A ONG é uma instituição não governamental, sem fins lucrativos e está de portas abertas para voluntários que queiram se juntar a causa", sublinhou a psicóloga.

Fotos do Evento:

Outras notícias