Home  /  Notícias  /  Intenção de nominar Estrada do Bananal gera amplo debate na Câmara

Intenção de nominar Estrada do Bananal gera amplo debate na Câmara

Projeto de Jair Sehnem visa consignar nome de Estrada Vereador José Iddo Weber

08/05/2018 às 10:20

imgs/textos/ferrugem-coletou-144-assinaturas-favoraveis-a-proposta1525785708.JPG

Ferrugem coletou 144 assinaturas favoráveis a proposta

A sessão ordinária da segunda-feira, dia 07 de maio, foi de casa cheia na Câmara de Vereadores de Feliz. Embora não tenha sido levado a votação, o projeto que mais foi debatido na noite foi o de autoria do vereador Jair Roberto Sehnem, que visa consignar nome a Estrada do Bananal, de Estrada Vereador José Iddo Weber.

Integrantes da comunidade do Bananal, contrários a proposta, estiveram na Câmara de Vereadores para mostrar seu descontentamento com a iniciativa. Embora todos os vereadores tenham deixado claro que o legado do homenageado foi e continua sendo de extrema importância para a cidade de Feliz, vários se posicionaram em desacordo, justamente por não haver um consenso entre a comunidade, relembrando fato ocorrido com a rua Bom Fim, em 2012, onde após a aprovação de denominação de rua, um projeto de iniciativa popular, desfez a proposta inicial.

O vereador Rafael Auler sugeriu a nominação de alguma ponte, por exemplo, fazendo uma analogia ao trabalho realizado por Weber, que fora proprietário de uma empresa de transportes, quando em vida, ligando as comunidades. Autor da proposta Jair Roberto Sehnem comentou que seguiu todos os trâmites que lhe foram indicados pela Casa Legislativa, passando de casa em casa para coletar assinaturas favoráveis, juntando 144 ao longo de quatro sábados. Disse ter convicção de que José Iddo Weber mereça uma homenagem como esta, mas se não há consenso dos colegas, que seja rejeitado pela Casa. Por fim, disse que se não houver um posicionamento favorável da Casa irá lamentar muito, mas irá acatar a decisão da maioria.

A comunidade de Bananal que se fez presente a sessão também apresentou abaixo-assinado dos moradores contrários a proposta, que foi protocolado junto à Casa Legislativa.

O projeto de lei segue na Casa para debate.

Outras notícias